0406 - Oh! Sweet Nuthin' - My Morning Jacket [2010]

Em 2013, no top 20 de melhores covers daquele ano, o 1001 covers incluiu a versão de Oh! Sweet Nuthin', do Velvet Underground, feita por My Morning Jacket, Neil Young, Jenny Lewis e Elvis Costello, entre outros artistas. Na ocasião, a música ocupou a décima posição da nossa lista (confira aqui!). Porém, três anos antes, My Morning Jacket já havia feito a sua versão para a faixa da banda nova-iorquina - saiba mais a seguir.
Formado em 1964, por Lou Reed, John Cale, Sterling Morrison e Angus MacLise (Maureen Tucker substituiu MacLise na bateria pouco tempo depois), o Velvet Underground é autor de uma das maiores obra-primas do rock: The Velvet Underground & Nico, lançado em 1967. O álbum é um dos mais influentes da música (Brian Eno chegou a dizer que, embora tenha vendido apenas 30 mil cópias no início, cada um desses 30 mil compradores começaram uma banda depois de escutá-lo).

Porém, Loaded, lançado em 1970, não fica atrás. O quarto e penúltimo álbum de estúdio do quarteto, é obrigatório para fãs de boa música. No lado A do vinil, as famosas Sweet Jane e Rock & Roll já fazem deste trabalho um clássico bem acima da média. Mas é justamente a última faixa, a bela e melancólica Oh! Sweet Nuthin', que gruda na cabeça. Para entender o porquê, só mesmo escutando:


My Morning Jacket é um velho conhecida do público que acompanha um estilo geralmente denominado country alternativo. Formado em 1998, em Louisville, no Kentucky (estado norte-americano considerado o berço do bluegrass), o quinteto conta atualmente com Jim James (vocal e guitarra), Tom Blankenship (baixo), Patrick Hallahan (bateria), Carl Broemel (guitarra) e Bo Koster (teclado). Em 2010, durante a turnê do álbum Evil Urges, o grupo apresentou em seu setlist algumas covers, dentre elas Oh! Sweet Nuthin'.

A cover é bastante fiel à versão original, mas eu diria até que tem uma pegada mais leve e suave, para seguir o estilo do My Morning Jacket. Claro que o vocal de Jim James ajuda bastante torná-la mais melódica ainda, sem perder a essência do Velvet Underground e se transformar em uma bonita homenagem.

Anômima

Um comentário:

Comente aqui!!!