0390 - There Is A Light That Never Goes Out - Twin Shadow [2014]


Aposto que várias pessoas, mesmo aquelas que não são fãs da banda inglesa Smiths, conheçam o hit “oitentista” There Is A Light That Never Goes Out do ótimo disco The Queen Is Dead [1986].

Mesmo para aqueles que desconhecem a música, esta composição da dupla Morrissey e Johnny Marr tem um certo apelo pop dançante, com uma linha de baixo irresistível, que quase obriga o ouvinte de primeira viagem a balançar.

E esse tal ritmo pode ser explicado. Foi pesquisando no ótimo site Song Facts que descobrimos que o riff de introdução feito por Marr foi na verdade uma cópia da introdução da cover feita pelos Rolling Stones para música Hitch Hike do rei do soul, funk e R&B Marvin Gaye. Aliás, consta também que este riff inspirou outra música famosa da história do rock, a ótima There She Goes Again do Velvet Underground.

Se ainda assim dúvida desta "dançante" constatação, colocamos aqui um vídeo que compara estas 4 composições:


E aqui o clipe da original de There Is A Light That Never Goes Out dos Smiths...


Quando a música original é um hit, facilmente encontramos muitas covers. Dentre os vários artistas que regravaram There Is A Light That Never Goes Out vale a pena conferir a versão feita por Noel Gallagher, pela banda norte-americana The Killers e a dos irlandeses dos Cranberries.

Porém, apesar de serem muito boas, nenhuma destas foram tão ousadas e revitalizantes quanto a cover feita neste ano por Twin Shadow

O artista dominicano George Lewis Jr, crescido nos EUA, é quem responde pelo nome artístico Twin Shadow. Em sua bagagem musical, já carregada com dois discos de estúdio (Forget [2010] e o Confess [2012]), Twin Shadow traz influências da música gospel norte-americana misturado a audições de punk rock até música eletrônica. Certa vez, o site The A.V. Club descreveu o trabalho de Twin Shadow como sendo "repleto lirismo que faz reverberar a sonoridade de Morrissey e refrões no melhor estilo Human League".

Por estas e outras, não é de se estranhar que Twin Shadow - que contou com a participação nos vocais da cantora Samantha Urbani - conseguiu não apenas replicar suas influências, e sim assimila-las a ponto de produzir uma roupagem totalmente nova para o hit.


Persiolino

2 comentários:

  1. Este cover é simplesmente sensacional. Não sabia das comparações dos riffs. show de bola.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito desta versão de " There Is A Light That Never Goes Out" cantada por Twin Shadow, mas ainda acho a versão do The Smith muito melhor, aliás, na minha opinião ainda não vi versão melhor... The Smith é sensacional.

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!