0358 - Blue Monday - Orgy [1999]

O ano de 1983 foi marcado por uma série de acontecimentos históricos e políticos muito fortes na Grã-Bretanha, especialmente pela eleição da Dama de Ferro Margareth Thatcher como primeira-ministra do governo inglês. Embalados pelo clima hostil e frio do pleito ao Parlamento Britânico, os membros do New Order, lançaram o álbum Power, Corruption And Lies, que notavelmente é uma crítica ao sistema de monarquia que perdura até os dias atuais no Reino Unido. 

O disco trouxe uma série de faixas importantes na carreira da banda, causando uma ruptura definitiva na herança musical deixada pela morte de Ian Curtis e o consequente fim do Joy Division, determinando o estilo melódico, eletrônico e intenso que caracteriza as gravações do grupo. Porém, a música do New Order, considerada a mais relevante desta época, não fez parte do álbum, deixando a impressão de que a banda havia revelado suas intenções musicais com alguns meses de antecedência e apagando, de certa forma, a importância de Power para a história da banda. 

O processo de composição e montagem de Blue Monday, o single mais vendido do New Order, envolveu influências bastante distintas, desde Kraftwerk até Donna Summer e, segundo os próprios membros da banda, foi gravada na velocidade errada, o que felizmente foi um erro bem sucedido, refletindo no sucesso relâmpago da canção, que em duas ocasiões foram remixadas, em 1988 pelo produtor musical de Michael Jackson, Quincy Jones e em 1995 pelo conjunto de DJs conhecido como Acid House, ambas com o apoio e consentimento dos próprios integrantes grupo. Essas versões não podem ser consideradas covers por razões óbvias, mas repaginaram de forma única a gravação. Outro fato curioso a respeito de Blue Monday é que, foi criada uma música-gêmea intitulada The Beach, que possui os mesmos acordes da original, porém, composta de maneira inusitada e com diversas sequências invertidas. 


A banda Orgy não pode ser classificada como um grande representante do estilo new metal, mas ganhou respeito e credibilidade ao regravar Blue Monday, além de todas as contribuições especiais que o vocalista Jay Gordon fez nos anos 2000. A escolha da música do New Order para fazer parte do álbum de estréia da banda Candyass, é atribuída a Jay, que julga a canção como uma das mais importantes influências do Orgy e também pelo questionamento constante do vocalista sobre o fato de que não existe um refrão predominante na gravação original. Tanto que, para o seu cover, o Orgy incluiu a frase "How does it feel" com essa finalidade.


Ana Gonçalves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!!!