0335 - Sound And Vision - Beck [2013]

Fazer uma cover de David Bowie não deve ser fácil. Afinal, o artista britânico é tido como um Deus da música, influenciando outros visionários igualmente talentosos e marcando a vida de "gente como a gente" - fãs e admiradores interessados em boa música. Então, imagine só selecionar cuidadosamente um clássico de Bowie, gravar, lançar e ouvir como resposta algo do tipo "a original é muito melhor".

Não que a idéia Beck tenha sido justamente evitar comparações negativas ao escolher Sound And Vision.  Ao invés de simplesmente fazer uma cover de três minutos, como a original, Beck a reimaginou e pensou nos principais detalhes: o som e a visão. Recrutou uma orquestra com 157 músicos e convidou o pai, o maestro David Campbell, para conduzi-la. E como não poderia deixar de registrar, chamou o diretor Chris Milk para comandar o vídeo, com câmeras em 360 graus e microfones que dão a sensação de imersão aos ouvintes.

Lançado em 1977, no álbum Low, Sound And Vision foi o primeiro single desse trabalho marcado por sintetizadores e guitarras. E se na época a obra teve recepção dividida, hoje em dia dificilmente algum crítico expressaria palavras negativas sobre um álbum que exerceu tamanha influência ao longo das décadas.


Em entrevista à Rolling Stone norte-americana, Beck disse que tentou "montar um cenário que só poderia existir para uma performance única. É algo que não dá para ser feito em turnê. Foi pensando muito sobre filmes de Busby Berkeley [diretor de musicais das décadas de 1930 e 1940] e muitos músicos e dançarinos".

Com ares de uma apresentação épica, Beck e todos os seus colaboradores simplesmente inserem o despretensioso trabalho de Bowie em um patamar superior - sem desmerecer a original (jamais!).  Ao longo dos nove minutos, a releitura não cansa em nenhum momento. Pelo contrário: cria expectativas ainda maiores sobre o que está por vir no próximo acorde ou estrofe. Enfim, uma versão de causar arrepios e forte candidata a cover do ano de 2013. Aliás, ano que também marca a volta de Bowie após uma década sem lançar material inédito.


Anômima

Um comentário:

  1. Impressionante! Essa cover é totalmente excelente. Adorei mesmo. Mas a original é melhor hehehehe

    ResponderExcluir

Comente aqui!!!