0292 - Mamma Mia - Miniature Tigers [2010]

A trilha sonora de Easy Virtue (Bons Costumes, no título brasileiro) é uma de minhas favoritas. Recheada de versões de Standards e até Tom Jones, foi com grande pesar que descobri ter perdido o CD o qual a tinha gravada. Na tentativa de baixar novamente, estava tão distraída que acabei fazendo o download da trilha de outro filme, Easy A (ou, A Mentira). A confusão rendeu um texto em um site com o qual colaboro com uma coluna semanal sobre trilhas sonoras (leia aqui).

Longe de ser uma grande trilha, o álbum de Easy A ao menos revelou dois nomes espetaculares para meu conhecimento musical: a dupla britânica The Boy Least Likely To e os norte-americanos do Miniature Tigers. Gostei tanto de ambos que acabei procurando outros trabalhos - e não me decepcionei.

Em busca de mais informações sobre o Miniature Tigers, descobri que eles já fizeram turnê com o Ben Folds, um dos meus maiores ídolos musicais. Formado em 2006, o quarteto de indie pop é originário de Phoenix, no Arizona. Suas músicas têm letras espertinhas e melodias deliciosas de ouvir (daquelas que grudam mesmo), fugindo totalmente da pretensão, assim como as canções de outro quarteto: ABBA


Originário da Suécia, o grupo de Agnetha, Benny, Björn e Anni-Frid (sim, o nome veio das iniciais dos nomes) é um dos mais famosos da era Disco (acho que só empata com o Bee Gees). A fama, aliás, perdura décadas após o final do ABBA, em 1983: prova disso é o musical Mamma Mia e o filme homônimo estrelado por Meryl Streep, em 2008. Essa música, aliás, fez sucesso em todo o mundo, da Europa à Oceania.

Eis que em 2010 o Miniature Tigers resolveu lançar um álbum só de covers, intitulado Truffles, e insere Mamma Mia entre as canções que ganhariam uma nova versão. A cover, como o leitor pode comprovar, ficou a cara da banda do Arizona, com a delicada voz de Charlie Brand harmonizando com os instrumentos - com destaque para o baixo e o teclado. Bom seria se existissem mais grupos como esse...

Anômima

2 comentários:

  1. Versão bacana...o vocalista me lembrou o cara do Grandaddy.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o vocal do Charlie Brand lembra bastante o do Grandaddy, notei isso a primeira vez que ouvi o ótimo álbum do MT, "Tell it to the Volcano".

      Excluir

Comente aqui!!!