0280 - Me Chama / Nada Por Mim - Toquinho [2009]

Dias atrás publicamos uma cover em versão rock brega feita pelo Arnaldo Antunes para o samba Vou Festejar criado originalmente pelo grupo Cacique de Ramos e gravado posteriormente na voz de Beth Carvalho.

E que tal ouvir agora um cover na “mão inversa”, num medley de Me Chama e Nada Por Mim, dos sucessos pop rock anos 80, num sambinha bem bom? Apenas para reativarmos a memória, a canção Me Chama foi um grande sucesso do cantor e compositor Lobão lançada no seu segundo álbum solo Ronaldo Foi Pra Guerra de 1984.


Já a música Nada Pra Mim, uma dobradinha da dupla romântica do pop rock dos anos 80 Hebert Vianna e Paula Toller, foi lançado originalmente pela cantora Marina Lima em 1985 no álbum intitulado Todas. Só no ano seguinte, em 1986, que Nada Por Mim foi lançado pelo Kid Abelha E Os Abóboras Selvagens(banda onde Paula Toller é a vocalista principal) no álbum Kid Abelha Ao Vivo, gravado no Centro de Convenções do Anhembi em São Paulo.


Bem diferente do pop rock anos 80, o compositor e cantor Toquinho compôs, ao lado de Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Jorge Bem Jor, Tom Jobim e tantos outros grandes artistas, sambas inesquecíveis como Regra Três, Samba de Orly, Que Maravilha, etc. Numa cadência mais solo, Toquinho compôs sucessos como Aquarela, Voa Coração e Coisas do Coração. E no campo das músicas dedicadas ao público infantil, A Casa, A Bicicleta e O Caderno são algumas de suas obras-primas. Sem falar que no universo dos musicais da Broadway, Toquinho foi o responsável pelas versões em português de todas as músicas de Cats...

Enfim, por seu grande talento ao violão e sua maior proximidade ao samba, bossa nova e a MPB, seria mais provável encontrar um cover de Toquinho para uma música de Paulinho da Viola ou Caetano Veloso talvez. Mas para nossa surpresa e alegria, Toquinho colocou seu dom musical a serviço do pop rock brasileiro oitentista. Curiosamente, ele não foi o primeiro artista a regravar Me Chama e Nada Por Mim no modus operandi voz e violão. Antes dele, João Gilberto havia gravado uma versão de Me Chama para a trilha sonora da novela global Hipertensão de 1986. E Leila Pinheiro e Roberto Menescal fizeram uma versão de Nada Por Mim registrado na coletânea Um Barzinho, Um Violão Vol. 2 em 2002.

Se foi de caso pensado ou não, isto pouco importa. O importante mesmo é que, bem ao seu estilo, Toquinho fez uma incrível releitura meio bossa nova das músicas Me Chama e Nada Por Mim em uma tacada só - uma tacada de gênio por sinal. O vídeo a seguir é parte do registro gravado para o CD e DVD Toquinho e MPB4, 40 anos de música, lançado em 2009 pela gravadora Biscoito Fino.


Persiolino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui!!!